O modelo híbrido e a experiência do colaborador

Compartilhe

Entenda como a modalidade está crescendo entre as empresas

 

A pandemia acelerou muitos fatores em nossas vidas e um deles foi o formato de trabalho. O novo normal mostrou que empresas que visam a produtividade e crescimento priorizaram a experiência do colaborador em todas as vertentes. Sendo assim, o modelo híbrido ganhou espaço por ser uma modalidade que proporciona boa experiência ao trabalhador, tornando-se um benefício. 

Entre a volta do presencial ou somente o home officepor que não ter as duas opções? Uma pesquisa realizada entre dezembro de 2020 a janeiro 2021, pela IDC a pedido do Google Cloud, mostrou que dentre os 897 colaboradores entrevistados, 43% gostariam de trabalhar em modelo híbrido, enquanto 9% prefeririam se manter totalmente remoto. 

Muitas empresas vêm se adaptando a essa modalidade, garantindo ótimos resultados e até mesmo se reinventando, esse é o exemplo do Grupo TAGCOM que perceberam que a pandemia não era apenas o momento de escolher entre o sistema de trabalho presencial, remoto ou híbrido, mas de transformar o modelo de gestão da empresa.  

Adaptando o modelo híbrido a empresa

Segundo Misael Mahon, Diretor de Operações e Pessoas, o grupo queria algo mais smarter + smaller, mais inteligente e enxuto, com a cara deles, “Assim nasceu o home office first, uma evolução do trabalho híbrido. As pessoas escolhem trabalhar de onde chamam de casa e, se precisarem, tem um escritório base para frequentar, com possibilidade de frequentar esse mesmo escritório em 4 cidades. E foi isso que o Eureka nos proporcionou”, disse ele. 

É importante que o híbrido proporcione boa experiência ao colaborador, para Misael é fundamental que todos sejam tratados de forma igualitária, “Elas precisam saber que, mesmo trabalhando fora do escritório, elas serão tratadas iguais aos que estão trabalhando presencialmente. Elas precisam sentir que todas as pessoas devem ter a oportunidade de participar de uma decisão ou dar uma opinião sobre o projeto independente do lugar”, afirma o diretor.  

Falar sobre modelo híbrido tem como principal fator o local. Devido à crise muitas empresas tiveram que abrir mão de seus endereços físicos, talvez voltar ao aluguel não seja tão vantajoso, por isso o Coworking é a melhor solução para as empresas. O Grupo TAGCOM encontrou na Eureka a forma para adaptar o modelo híbrido, “Participar de um Coworking facilitou a vivência da cultura e do modelo de gestão”, destaca Misael.
 

E na sua empresa, qual foi o modelo adotado?  


Compartilhe


Login

Register

terms & conditions