3o andar na Eureka Paulista

Significado de Coworking

Compartilhe

O verdadeiro significado de coworking é muito amplo e contarei um pouco neste texto. Caso tenha dúvidas, deixe o seu comentário.

A despesa para se manter um escritório normalmente representa mais de 20% dos custos fixos de uma empresa.

Além disso, todas as habilidades necessárias para desenvolver e manter a estrutura física precisam ser amplamente conhecidas pela equipe.

Isso significa que além do custo do escritório em si, será necessário manter uma equipe dedicada para a sustenção deste ambiente no dia a dia.

Na maioria das vezes, as atividades desenvolvidas por este time, não é a atividade final da empresa, que é o que realmente gera receita e lucro.

Por isso, saber o significado e os benefícios que o coworking pode trazer para a sua empresa pode ser uma grande vantagem competitiva no mercado.

O significado de coworking

Significado CoworkingCoworking é um novo modo de trabalho, onde empresas de todos os tamanhos e profissionais autônomos compartilham recursos físicos, conseguem receber os seus clientes e otimizam seus negócios, por meio da redução de custo com infraestrutura, contratos de curto prazo e com a ampla oferta de conhecimento e networking que os locais oferecem.

Muito além de espaços de trabalho com mesas e cadeiras com decoração moderna, o conceito de coworking segue adiante, Coworking é comunidade, onde o espaço pode conectar pessoas. Imagine você trabalhar em um local em que profissionais liberais e várias empresas de diferentes setores compartilham recursos, áreas comuns e eventos, fazendo valer o conceito da economia compartilhada em sua plenitude, trocando experiências e muitas vezes fazendo negócios entre si.

Grandes empresas já perceberam este valor agregado e estão produzindo cada vez mais um grande movimento de migração para os espaços de coworking, esperando com isso gerar inovação e se inserirem neste ecossistema que inspira e já mostrou que chegou pra ficar.

Os serviços mais comuns de um espaço de coworking são: escritório compartilhado, escritório virtual, endereço fiscal, sala de reuniões , escritório privativo e espaços de eventos.

A História do coworking

Idealizado por Brad Neuberg , o conceito de coworking começou quando ele decidiu unir a possibilidade de ser autônomo porém trabalhando em um ambiente com outros profissionais, abrigando a sua comunidade. Assim otimizaria recursos e aumentaria a sua produtividade pela troca de conhecimentos.

Como o próprio Neuberg descreveu em seu blog“Eu queria ao mesmo tempo: a liberdade e independência de trabalhar para mim, juntamente com a estrutura e a comunidade de trabalhar com os outros”.

O primeiro espaço de coworking conhecido, foi criado em 2005 na cidade de São Francisco nos Estados Unidos da América.

Brad mantém um blog pessoal, em que conta um pouco mais sobre isso. Acesse aqui.

Coworking no Brasil

Os primeiros espaços de coworking do Brasil surgiram em meados de 2007. Um deles foi o Ponto de contato, pioneiro, e idealizado pela nossa amiga e empreendedora Fernanda Nudelman.

Nos últimos anos o país apresentou um grande crescimento e amadurecimento do setor. Surgiram os coworkings de nicho, como para arquitetos, cozinheiros, entre outros e as grandes empresas se consolidaram como adeptas ao novo formato.

Segundo o último censo elaborado pelo pessoal da Coworking Brasil, atualmente temos 1497 ativos no país, não apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Acesse o material aqui.

Desafios

Neste ano de 2020 o desafio dos espaços de coworking está sendo a sobrevivência do negócio em meio a pandemia do COVID-19, que fez com que os locais ficassem fechados durante todo o período.

Sabemos que é temporário e que o futuro pode ser muito promissor para o segmento, pois as pessoas foram obrigadas a aderirem a um novo modelo de trabalho, o conhecido Home Office.

O retorno dos espaços de coworking será gradual e novos processos e ferramentas deverão ser considerados. Como por exemplo:

  • Diminuição de quantidade de pessoas em eventos
  • Menor densidade em reuniões
  • Intensificação de limpeza
  • Comunicação visual e campanhas intesivas
  • Disponibilização de álcool em gel
  • Limitação em elevadores, entre outras ações que ainda estão por vir.

O novo normal

Muito se escuta sobre o termo, que desperta uma certa angústia em saber o que nos espera. Para nós, a relação humana sempre existirá e é necessária. O que faremos para o futuro, será a construção e manutenção de novos processos e modelos. O antigo modelo de home office ganhou destaque, algo que acreditamos que fará parte das empresas e que novas disciplinas se aplicam e que serão incorporadas neste retorno ao novo normal.

A Eureka acredita que o coworking sempre estará contemplado neste novo normal, o ser humano vive em eterna transformação e o modelo de hoje é o futuro de ontem. Novos processos sempre serão necessários e válidos. Em breve divulgaremos um canal completo de tudo que estamos analisando ao redor do mundo e entendemos que é relevante para o nosso dia-a-dia pós covid.

Conclusão

O coworking nasceu e se expandiu rapidamente, comprovando a sua eficácia em redução de custos nos negócios e conquistando grandes empresas, além disso, os benefícios de se trabalhar em comunidade foi amplamente divulgado e experimentado.

No Brasil o crescimento foi exponencial e ganhou maturidade durante o período. Players mundiais chegaram, comprovando que o mercado brasileiro aceitou e acredita no verdadeiro significado de coworking.

Com a chegada da pandemia do corona vírus, os espaços de coworking sofreram muito e estão buscando novas saídas. O período pós pandemia será desafiador, com novos processos e ferramentas. O coworking sairá fortalecido, pois a flexibilidade e adaptação que os espaços proporcionam, serão fundamentais para a retomada das empresas no período que está sendo conhecido como o “novo normal”.



Login

Register

terms & conditions