Trabalho Híbrido

Trabalho híbrido, remoto ou presencial: o que é melhor para a empresa?

Compartilhe

A escolha entre o trabalho híbrido, remoto ou presencial precisa equilibrar o bem-estar e a produtividade dos funcionários, com as necessidades e o orçamento de cada empresa. Entenda como tomar essa decisão.

O fim do isolamento social trouxe um novo tipo de questão para empresas e profissionais: voltar ao escritório, ficar em casa definitivamente ou alternar entre presencial e remoto em um escritório híbrido por alguns dias da semana… o que é melhor?

A decisão depende de muitos fatores, como o modelo de negócio da empresa, o tamanho da equipe e, não menos importante, a expectativa dos funcionários.

Mas existe um jeito de equilibrar tudo isso e encontrar a solução que vai trazer mais bem-estar e produtividade para as pessoas do negócio.

E isso começa por conhecer os prós e contras de cada modelo de trabalho, casos de uso de empresas de diferentes segmentos, calcular os custos e então encontrar a combinação que vai funcionar melhor para o seu contexto.

Para te ajudar com isso, neste artigo vou falar de:

  • O que é o modelo de trabalho híbrido e quais os prós e contras
  • O modelo de trabalho remoto e quais os prós e contras
  • O modelo de trabalho presencial e os seus prós e contras
  • Quais as necessidades do seu negócio?
  • Como calcular qual modelo compensa mais?
  • Como escolher um escritório para trabalho presencial ou híbrido

 

O que é o modelo de trabalho híbrido e quais os prós e contras

O modelo híbrido de trabalho é basicamente uma combinação entre os modelos presencial e remoto, e tem ganhado força desde a flexibilização do isolamento social no pós-pandemia. Nele, o trabalhador alterna entre dias trabalhando em casa e dias indo ao escritório.

Uma das explicações para esse crescimento está na possibilidade de que o colaborador continue usufruindo dos benefícios do trabalho remoto, mas também tenha momentos de interação presencial com o seu time, uma necessidade percebida por muitas empresas durante o período de trabalho exclusivamente remoto.  

Além disso, a empresa tem a vantagem de poder alugar um escritório apenas para um dia da semana, por exemplo, diminuindo em até 80% seu custo fixo mensal, segundo levantamento feito aqui com os clientes do Eureka Coworking.

Leia também:  O modelo híbrido e a experiência do colaborador

O ponto de atenção que esse modelo exige, entretanto, está em conseguir integrar os dois modelos de trabalho, principalmente quando houver parte da equipe trabalhando remotamente e outra parte presencialmente. 

Ou seja: para que o modelo híbrido funcione sem prejudicar o engajamento do time, é muito importante que os processos de trabalho garantam a qualidade da comunicação e o acesso à informação para todos os colaboradores, estejam eles no escritório ou em casa.

Isso inclui rotinas como documentar reuniões e outros alinhamentos, oferecer estrutura para reuniões híbridas – em que parte da equipe está no escritório e outra parte por videochamada – e buscar ferramentas de chat interno, como Slack ou Microsoft Teams, por exemplo, que permitam uma comunicação assíncrona e organizada.

O modelo de trabalho remoto e quais os prós e contras

É difícil falar sobre o modelo de trabalho remoto sem falar da pandemia do Covid-19 e o modo como ela transformou para sempre a vida de milhões de pessoas no mundo todo. A adoção em massa do trabalho remoto pelas empresas não foi uma escolha e sim uma urgência não planejada.

Por isso, a maior parte das empresas teve – e ainda tem – muita dificuldade em adaptar sua rotina de trabalho e manter o alinhamento e a cultura entre pessoas trabalhando de suas próprias casas. 

Esse é um dos motivos, inclusive, que tem levado muitas empresas de volta ao modelo presencial conforme a flexibilização do isolamento social avança. Em muitos casos, diga-se de passagem, causando uma série de conflitos entre colaboradores e empresas.

E o motivo é simples: para muitos contextos o trabalho remoto funciona e dificilmente o colaborador que experimentou passar mais tempo em casa e menos tempo gasto em deslocamento, vai querer abrir mão dessa possibilidade para voltar ao trabalho como era antigamente. 

Leia também:  Rotina de trabalho: Guia passo a passo

Além disso, o trabalho remoto possibilitou a muitos colaboradores a liberdade de morar em outras cidades, estados e até países. Para as empresas, permitiu também a contratação de profissionais espalhados pelo mundo e que provavelmente teriam bastante dificuldade em frequentar um mesmo escritório.

Por isso, muitas empresas já decidiram que manterão o trabalho remoto para sempre. Afinal, a experiência desses últimos dois anos mostra que o modelo funciona. O desafio agora é entender se funciona para a sua empresa.

O modelo de trabalho presencial e os seus prós e contras

Antes de tudo, é importante saber que o assunto trabalho remoto é uma realidade que inclui uma pequena parte das empresas no Brasil. Segundo estudo do IPEA, apenas 11% dos trabalhadores brasileiros conseguiram trabalhar remotamente em 2020

Primeiro porque não estar presencialmente no trabalho é impossível para muitos setores, de um médico de UTI a um frentista de posto de gasolina – mesmo que novas possibilidades tenham avançado para serviços mais tradicionais, como o crescimento das teleconsultas e da venda online para lojas e restaurantes. 

A avaliação aqui, entre os prós e contras do trabalho presencial, tem foco portanto nas empresas que puderam viver o trabalho remoto nesses últimos dois anos e mesmo assim enxergam como positivo o retorno ao escritório.

As vantagens existem tanto para a empresa quanto para o funcionário, como a resolução mais rápida de problemas e dúvidas, a interação com gestores e colegas e a maior facilidade em definir um horário de trabalho, por exemplo.

Por outro lado, sair de casa para trabalhar é um desafio para quem mora em grandes centros urbanos ou para quem apenas deseja passar mais tempo com a família. Além disso, o investimento em um espaço dedicado pode representar até 45% do custo fixo de uma empresa. Vale a pena?

Qual modelo é melhor para o seu negócio?

A Microsoft publicou ano passado o estudo Índice de Tendências de Trabalho 2021, que entrevistou mais de 30 mil pessoas em 31 países sobre rotina de trabalho e produtividade. Entre 7 conclusões (vale clicar no link e ler o estudo completo), o relatório faz uma boa síntese sobre o futuro: entre remoto e presencial, os profissionais querem agora o melhor dos dois mundos.

Leia também:  O modelo híbrido e a experiência do colaborador

Segundo a pesquisa, 67% dos colaboradores entrevistados desejavam ter mais contato pessoal após a pandemia, 73% faziam questão da opção de home office para continuar na empresa e 66% dos líderes afirmaram que suas empresas estavam considerando redesenhar seus escritórios para o trabalho híbrido. 

Para a Microsoft, o trabalho híbrido é a grande nova disrupção com a qual o mercado precisa lidar. Não à toa, a empresa norte-americana adotou o modelo para os seus mais de 160.000 colaboradores ao redor do mundo.

Isso torna o modelo híbrido o ideal para o seu negócio? Para decidir, além de analisar as tendências e as reais necessidades de cada empresa, há uma tarefa importante que pode ajudar na hora de decidir: pergunte aos seus colaboradores o que eles acham sobre isso.

O importante mesmo é encontrar um equilíbrio entre custos, benefícios e processos de trabalho, e criar um ambiente (presencial, remoto ou híbrido) onde as pessoas desenvolvam seu máximo potencial e a empresa conquiste seus objetivos. 

Como escolher um escritório para trabalho presencial ou híbrido

Se após considerar todos esses fatores, você optar por um escritório em modelo presencial ou híbrido, minha última dica é uma conversa com um dos especialistas do Eureka, que podem te falar melhor sobre os espaços de trabalho desenhados sob demanda para empresas como CVC Corp, Sympla e Pacaembu, e como tem sido a experiência dos nossos residentes. É só clicar nos chamar pelo WhatsApp ou pelo telefone.


Compartilhe
Não há comentários

Enviar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Register

terms & conditions